Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

domingo, fevereiro 05, 2012

SAÚDE PÚBLICA?

Tinha prometido a mim mesmo que não ia fazer qualquer comentário sobre o Carnaval, a não tolerância de ponto ou as declarações de um presidente de câmara que exponencia de tal forma o número de figurantes em estarreja que, provavelmente, será necessário começar o corso em Salreu para que nele caibam todos . 
Tterá sido essa a ideia subjacente à construção da tal ponte pedonal - também ela um símbolo do carnaval que se vai praticando em Estarreja? É natural que sim...
O que é certo é que de entrevista em entrevista, vamos ficando a perceber coisas do arco-da-velha, como por exemplo esta aqui.
Já tenho lido e ouvido a apologia do carnaval sob as mais variadas motivações, sejam elas um pique comercial, uma necessidade de divertimento, a divulgação de tradições, etc, mas daí a considerar o carnaval  uma necessidade, por razões de saúde pública é, quase insultar a sociedade.  Se, de facto, há razões de saúde a justificar a folia, não me parece que seja pública...
Diria que estas declarações são bem ao jeito do já famoso slogan - criar lixo, criando arte...
Enfim! E viva o carnaval!

2 comentários:

mfc disse...

O lazer é importante para uma vivência equilibrada...

CR disse...

Caro mfc,

Completamente de acordo quanto à necessidade do lazer nas mais variadas formas, mas daí a considerar-se o carnaval um caso de saúde pública, vai uma longa distância. Pelo menos para mim, claro!
Abraço.