Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

sábado, janeiro 21, 2012

COITADINHO...

Um presidente que se presta a [estas coisas] deveria pensar seriamente em tirar uma férias.
De facto, Cavaco Silva não poderia ter sido mais ingénuo ao responder, da forma como o fez,  à pergunta traiçoeira do jornalista.
Além de mentir,  expôs-se ao ridículo por tudo quanto é site da internet (e não só),  onde é alvo de chacota.
Os anos que leva já de idade deveriam ser suficientes para saber pelo menos duas coisas:
1 -  que actualmente, quando se quer, a vida das figuras públicas se torna demasiado transparente para que se esconda o que quer que seja.
2 -  fazer contas.
Segundo a Agência Financeira, Cavaco Silva declarou no ano 2010, 141 mil euros de pensões, o que a dividir por 14 meses, dará aproximadamente 10.071 euros/mês - um pouco mais do que os tais 1.300 euros que não chegam para pagar as despesas da família Cavaco.
A julgar pelas suas declarações, um destes dias ainda teremos aí um novo imposto para ajudar a equilibrar o seu orçamento familiar. Sim, porque um presidente, mesmo que não ganhe o salário,  tem de ter um nível de vida que dignifique o cargo que ocupa, e se 141mil euros não chegam, cá estaremos para contribuir para que o sr. presidente não passe fome.
Diz o próprio que foi toda a vida muito poupadinho.... 
Estaria ele a referir-se aquelas poupanças conseguidas à custa do  BPN, por exemplo?

1 comentário:

mfc disse...

Estas tiradas confrangedoras são características de seres minúsculos!
Mas a culpa não será toda dele, mas de quem o elegeu!
Em democracia há uma co-responsabilização dos eleitores pelos actos dos eleitos.