Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, abril 20, 2011

LUNÁTICOS

Perante a caótica situação do país - parece que (finalmente!) por todos reconhecida - manda o bom senso e alguma responsabilidade política que ainda possa existir, que se adiem, por largos anos ou mesmo se esqueçam, determinadas obras anteriormente projectadas. São disso exemplo, a construção de novas auto-estradas, o TGV, o novo aeroporto de Lisboa e outras que, embora possam ter a sua utilidade, não são tão imprescindíveis que não possamos viver mais  mais alguns anos sem elas, evitando assim um maior desequilíbrio nos próximos Orçamentos do Estado. 
Ora, o mesmo deve acontecer a nível local, onde o rigor e o sentido de responsabilidade devem igualmente ter lugar. A insistência da Câmara de Estarreja na construção da ponte pedonal, cujo concurso público foi ontem publicado no Diário da República (clicar na imagem), demonstra que em Estarreja responsabilidade é coisa desconhecida. E a referência nem vai sequer para a inutilidade de que se reveste o equipamento em questão; o que não é admissível é que, neste momento, em que o país está avidamente à espera dos dinheiros da Europa e do FMI (fala-se que já não há dinheiro para pagar  salários e pensões), a Câmara de Estarreja se dê ao luxo de torrar 500.000 euros numa coisa que mais não é que um perfeito exemplo da política lunática e vazia que tem sido seguida. 
E já agora, atentando no nº 16 da publicação atrás citada, diz-se que o procedimento a que este anúncio diz respeito não é publicado no Jornal Oficial da União Europeia.
Pois devia sê-lo!
Se não há competência, que haja pelo menos vergonha. Vergonha de usurpar em fantasias o dinheiro que não há para muitos portugueses se alimentarem condignamente, ou sequer para pagar a medicação que lhes é prescrita.

Sem comentários: