Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

A propósito de comentários anónimos...

O comentário acima foi recuperado de um post elaborado em Outubro de 2009. 
Pois bem, acho que chegou a hora de dar resposta a este anónimo, na esperança de que o mesmo ainda por aqui venha de quando em vez.
E [aqui] está parte dela. Basta ler o segundo parágrafo e fazer a escolha entre uma patética e inútil ponte, e uma infra-estrutura de elevado grau de necessidade para o  futuro de uma freguesia e da sua população.
É tudo uma questão de opções e de saber priorizar as necessidades do concelho. Nada mais.
Espero ter contribuído para o esclarecimento deste anónimo, na certeza de que este não seria o único meio de tornar real a obra em causa.

5 comentários:

one hundred trillion dollars disse...

É tudo uma questão de opções e de saber priorizar as necessidades do concelho.

Nada mais

e um sistema de apoio ao domicílio não seria mais barato e manteria os idosos em melhores condições de vida

há sempre opções


tal como os engenheiros químicos que se viraram para a política e cargos camarários

quando ainda havia bastante emprego na índústria

foram opções a política rende mais

obrigado pela resposta anónima

one hundred trillion dollars disse...

o comentário era mais sobre o despesismo dos municípios

e em 2009 a crise parecia não ter fim

agora o fim parece não ter crise

sintomático

passo cá em 2012.....

Anónimo disse...

anonimamente falando....claro.

Batatas disse...

uma ponte é uma transição do passado para o futuro

um lar é para o passado de uma freguesia e da sua população

Anónimo disse...

Conclui-se que é melhor gastar 100 mil contos num atravessadouro, a tratar dos mais idosos. Também acho. Não são os idosos que votam sempre no PSD?! É porque gostam...