Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

terça-feira, setembro 28, 2010

Finalmente

Finalmente parece que o país começa a perceber, ainda que muito lentamente, o atoleiro económico em que se move, e que resulta numa total dependência do estrangeiro.
Numa altura em que todos os países com situação financeira difícil vêem a sua despesa pública baixar a olhos vistos, em Portugal a mesma dispara mais 3 ou 4 pontos percentuais, apesar do aumento da carga fiscal que, como sempre, penaliza o povo. A economia do país vivem em roda livre e, a cada dia que passa, a situação agrava-se sem que se vislumbre uma inversão.
É o preço que custa manter uma classe de oportunistas e irresponsáveis como se não vê em mais lado algum.
Neste momento, a responsabilidade por este estado de coisas ultrapassa o governo e o partido que o sustenta, assim como a oposição e tem um nome apenas: Cavaco Silva.
Economista de profissão e experiente na governação, tem o dever de conhecer e acompanhar de perto a situação financeira do país, e evitar o descalabro da economia que uma governação ao desbarato tem produzido.
Provada que está - há muito - a falta de credibilidade interna e externa deste governo e a sua incapacidade em resolver, ou pelo menos contribuir para o não agravamento da situação, cabe ao Presidente da República, tomar as necessárias medidas para evitar o que se adivinha para breve: uma situação de completa rotura económica. E já vai tarde!

Sem comentários: