Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, julho 21, 2010

OPINIÕES

Se há coisa que não acompanho  em directo, são os comentários dos analistas políticos promovidos pelas estações de televisão, e por uma simples razão: são todos tendenciosos.
Entendo que um comentarista, seja ele desportivo, político ou de outra área qualquer deve ter presente , acima de tudo e em todos os momentos, o dever de ser isento na sua análise.
Ora, [este] aviso do prof. Marcelo - o homem-que-parece-que-sabe-tudo e que tenta fazer da política uma ciência exacta como a Matemática - ao líder do PSD, é tudo menos isento ou inocente.
Percebe-se a sua preocupação e desejo: PSD no governo e na presidência da República. É legítima a sua aspiração como cidadão, mas já o não é como analista político de uma estação de televisão em que deve primar por essa isenção atrás referida. E, pior ainda, quando usa esse meio de comunicação para fazer campanha política pessoal.
Não gosto dessa figura, até porque em 1999 quando era presidente da CPN do PSD,  escolheu dar à sola antes das eleições legislativas, não tendo coragem para enfrentar o eleitorado.
Para se ser um grande político não basta ser-se inteligente.
O que vale é que para muitos a opinião de Marcelo Rebelo de Sousa vale tanto como a minha.

Sem comentários: