Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

segunda-feira, junho 28, 2010

Tenho saudades do futebol.

Daquele futebol-desporto, catarse de uma semana de trabalho. Estádios cheios, relva regada com o suor dos jogadores, muitos deles a troco da barriga cheia, ou nem isso.
Sim, tenho saudades desse tempo em que cada camisola tinha o peso de um clube inteiro ou de um país, e em que a maior parte das lesões se curavam durante o próprio jogo. Futebol a preto branco que enchia de cor tardes e noites de uma época em que a televisão era o expoente máximo da tecnologia a que o povo (algum) tinha acesso. O futebol era - como se dizia na altura - para homens de barba rija. 
Hoje, transformado em  estrela, a coqueluche  o futebolista tem equipamentos ultra-modernos, leves e absorventes, dispõe de centros médicos e de treino de excelência, tem ao seu dispor os melhores meios de transporte e é pago como se da sua prestação dependesse a economia de um país inteiro.
A ânsia do lucro fácil levou os clubes a transformar o futebol num negócio de loucos.
Mas deixemo-nos de tretas. O que eu quero dizer é que amanhã, quando entrarem em campo as selecções de Portugal e Espanha, estarão em cima daquele rectângulo verde 22  jogadores cujos ordenados mensais dariam para pagar a todos os trabalhadores por conta de outrem deste país, durante alguns anos. Sim, a esses que suportam diariamente o que resta da economia deste país, a troco de 500, 600 ou 1000 euros por mês. Esses que trabalham 8 ou mais horas, de noite, de dia e aos fins de semana e que têm de pagar a crise -  mais uma!
Ora, no seguimento das medidas de combate ao déficit impostas pelo governo ao povo português, registe-se o salário do seleccionador nacional: 1.350.000€ / ano, o que o torna no 7º treinador mais bem pago de todos os que estão presentes no Mundial de 2010.
Acresce dizer que, não obstante os vencimentos pagos pelos clubes que representam, os mercenários nossos heróis que se encontram de férias na África do Sul, auferem ainda 800€/dia cada um e, para que possam repousar jogar nas melhores condições, pernoitam em hotéis com diárias de 600€ por quarto. Tudo em nome de Portugal, obviamente!
Longe vai o tempo em que envergar a camisola das quinas era um orgulho para qualquer jogador; hoje a finalidade é só uma: a projecção própria com vista a transferências milionárias. 
Pois, é por o país ser representado por esta corja de mercenários que a vitória da Espanha, a acontecer, se traduz num acto de justiça para com o povo português.
E perguntavam-me há dias, num estabelecimento aqui da terra,  se a empresa onde trabalho não  ia dar aos seus colaboradores a possibilidade de ver o jogo Portugal-Brasil... às 15h00.

5 comentários:

Anónimo disse...

Os salários dos jogadores espanhóis também não são milionários? Olhe que são.

Fermelanidades Coelho de Matos disse...

ui...meu Deus!!!

Se Queiroz apanha o amigo Camilo no hall do aeroporto nem quero ver...

CR disse...

Caro anónimo,

Claro que são. São os dos Espanhóis, Franceses, Ingleses e dos outros. No entanto, nem isso lhes basta e, no caso dos Portugueses, cada "herói" lá está a sacar, ao país (não aos clubes respectivos) mais 800 euros/dia, fora o resto, para que Portugal possa estar representado ao mais alto nível.
Além disso, com o que os Espanhóis lá estão a ganhar, podemos nós bem.
Cpts.

Falcão Peregrino disse...

Curioso é em posts que falam de coisas importantes para a população (encerramento do posto médico, por exemplo) ninguém comentar, fala-se em futebol, quase que nem havia tempo para respirar...Claro, o resto não interessa, o futebol é que é importante para o dia a dia do pagode...Depois queixem-se!...

CR disse...

Caro falcão,

partilho do seu sentimento mas é o que temos.
Aproveito para dizer que julgo estar em condições de poder afirmar que o médico que presta serviço na Unidade de Saúde de Canelas, lá vai permanecer até Outubro, segundo pude apurar na passada semana.
Obviamente que não é motivo para se cantar vitória, tendo em conta a política que tem vindo a ser seguida ultimamente. Basta ver o que está a acntecer no concelho de Oliveira de Azeméis.
No que a Canelas diz respeito, falta perceber o motivo do encerramento do serviço de enfermagem. Aguarda-se uma explicação, bem como uma tomada de posição.

Cpts.