Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, maio 19, 2010

RECEITAS DE CULINÁRIA

O presidente da Semapa, Pedro Queirós Pereira, propôs esta terça-feira um aumento do salário dos políticos, argumentando que dessa forma Portugal teria «políticos de mais qualidade».
(...) «Quando falo em pagar aos políticos três, quatro ou cinco vezes mais é para termos políticos de mais qualidade», afirmou, acrescentando que ser necessário «criar condições para sermos governados por quem saiba».
(Notícia TVI 24)

Salários têm de cair 30 em Portugal
O Prémio Nobel da Economia, Paul Krugman, considera que a solução para os desequilíbrios na Zona Euro passa por uma descida entre 20% e 30% dos salários nos países com menor competitividade. "Com uma moeda única, um ajustamento a choques requer ajustes nos salários e como os países da periferia europeia passaram do crescimento a uma recessão, o seu ajustamento tem de ser feito em baixa", escreveu Paul Krugman no seu blogue. O economista defende que "nesta altura, os salários na Grécia, Espanha, Portugal, Lituânia, etc. precisam de cair qualquer coisa como 20 a 30% face aos salários na Alemanha".
(Notícia DN)

Finalmente parece encontrada a fórmula que permite a resolução da crise económica do país: subir 4 ou 5 vezes os ordenados dos políticos e baixar em 30% os salários de quem trabalha. Merece medalha!
Para se perceber de que fala o senhor presidente da Semapa, aconselha-se [esta leitura] e não será necessário dizer mais nada.
Quanto à brilhante ideia do conceituado Prémio Nobel da Economia, é óbvio que os portugueses são dos trabalhadores mais bem pagos da Europa, pelo que reduzir os seus salários em 30% pouco ou nada os afectará. Os que já não ganham para comer, medicamentos e um ou outro encargo - que auferem 500 ou 600 euros/mês - ficarão quase na mesma; para os outros a seguir (1000 euros/mês), é mais 300 menos 300 euros, e assim ficam ao nível dos primeiros. Chama-se a isto justiça social, talvez.
Juntando a estas duas iguarias a carga fiscal redobrada com que o governo decidiu vergastar o povo nos próximos 3 ou 4 anos, teremos a ementa perfeita...
Lunáticos! - para não lhes chamar outra coisa  que bem merecem.

Sem comentários: