Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

domingo, maio 16, 2010

IMPARÁVEIS E INTOCÁVEIS

Enquanto o país é vergastado com incomportáveis medidas anti-sociais,  a Assembleia da República e os senhores deputados sugam do Estado, no corrente ano,  a módica quantia de 191.405.356,61 (cento e noventa e um  milhões quatrocentos e cinco mil trezentos e cinquenta e seis euros e sessenta e um cêntimo)! Estamos a falar de qualquer coisa  como 38 milhões de contos... para ver ou relembrar  [aqui].


2 comentários:

Anónimo disse...

Que eu veja, a verba para os deputados são cerca de 12 milhões e não 191 milhões como dá a entender.

A democracia tem custos.
Se calhar convém não esquecer que a ditadura também tem custos e não são só a nível de vencimento de políticos.

CR disse...

Que eu veja, caro anónimo, está escrito no post "a Assembleia da República e os senhores deputados."
É óbvio que a democracia tem custos e nem deles aqui falaria se a tal que refere, fizesse alguma coisa pelo país. Aliás, fazer até faz e está à vista de todos (os de cá e os de fora).
Obviamente que, para mim, - e dada a referência que faz sobre a ditadura - o caminho não é por aí, mas sim pela responsabilização de quem tem a obrigação de governar o país e o deixa no estado em que se encontra.