Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

domingo, julho 12, 2009

EM DIA DE DOMINGO

Enoja-me uma certa maneira de estar na vida, em permanente guerrilha de palavras já tão gastas que vagueiam pelo ar como inúteis grãos de pó, e que só servem para contaminar o ar que se respira.
E há gente que, entretida e embrenhada que está nessa procura incessante, parece esquecer-se da vida própria. Gente que, fazendo parte de um qualquer projecto cedo perde a capacidade de pensar e de ser diferente, quando tiver de o ser.
Gente que festeja quando devia estar apreensiva e que se rende à crítica balofa quando deveria festejar.
Gente que não convive bem com um dos mais elementares direitos da democracia: o direito de ser livre.
Livre nos pensamentos e ideias, independentemente dos engulhos que isso possa causar aqui e ali. Cedo aprendi que uma pessoa vale pelo que pensa e não pelo que os outros querem que ela pense.
Neste aspecto, sou e serei sempre um homem livre e quem estiver comigo, seja em que área for, também o será.
Percebo a inquietação de alguns que se mostram mais preocupados com os outros que com eles próprios. É bonito e tem reminiscências cristãs. Mas nem isso disfarça a realidade de que allia quando terunt, retinent mortaria gusta / cada cuba cheira ao vinho que tem.

3 comentários:

Anónimo disse...

Boa Camilo!

Vão ficar cabelos em pé....

Bjs rmf

Anónimo disse...

Força Camilo!

Anónimo disse...

Não tenho nada contra o sr. camilo, só acho que o ps do meu concelho não tinha necessidade de candidatos que são/foram do PSD. Isso não entendo e sinceramente não gosto.