Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

terça-feira, julho 07, 2009

... / ...

Costuma dizer-se que há um tempo para tudo; para falar, escrever, aplaudir, criticar, pensar, brincar, e tudo o mais que nos vai preenchendo a vida.
Há até um tempo para escrever um simples ponto no final de uma frase, de um texto ou de um livro.
E há desafios que nos inquietam e decisões que nos pedem uma paragem, uma profunda avaliação, um olhar para o futuro, tendo em conta o presente e o passado.
Esta (já) longa pausa foi um tempo deveras necessário para uma inesperada preparação de um compromisso sério com o futuro.

9 comentários:

Fermelanidades Leite de Matos disse...

Que virá por aí caro amigo?

Começo agora a juntar algumas peças.

Veremos se acerto.

abç

Anónimo disse...

Pois, é sempre bom fazer-se uma boa avaliação do passado e do presente,principalmente quando muitos projectos ficam inacabados!! É que assim, pode-se evitar que se dêm algumas cambalhotas no presente e no futuro!

Anónimo disse...

Caro Camilo
Venha o que vier, de si só esperamos aquilo que é próprio dos grandes e que sabem pensar em grande.
Um abraço

Anónimo disse...

As especulações andam aí...

Anónimo disse...

Amigo Camilo, se é o que estou pensando... avança pois és muito bem aceite... és um HOMEM com letra grande...não tenhas receio estamos contigo...

Bjs RMF

Anónimo disse...

Camilo, segue em frente, sem receios.

Ana Paula Esteves.

Anónimo disse...

Acho que já não existem dúvidas.
O Camilo é a pessoa certa.
Conheçe Canelas como ninguèm, remou contra a maré enquanto conseguiu, bateu com a porta na hora certa, porque lhe fizeram ouvidos moucos. Admiro a sua determinação. Todos sabemos que estas eleições nada têm a ver com pardidarismo. Siga em frente pois tem tudo para vencer.
1 abraço.

Anónimo disse...

Sempre admirei a sua forma de estar na política.
A sua imparcialidade esteve sempre em evidência, é justo e correcto, tem-se batido por causas, algumas directamente ligadas ao bem estar de todos nós, reconheço que não lhe deram o valor que tem, e por isso mesmo agarrar este desafio, será sem dúvida nenhuma a melhor forma de contribuir para o bem de todos nós.

JT disse...

Parece que as dúvidas se vão dissipando. Não o quiseram ouvir, mas ainda existe quem pensa pela própria cabeça. Não se deixe levar na cantiga do ladrão. Força.