Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

domingo, março 01, 2009

Dá (Diva)

Nunca te conheci, Diva. Um dia esta fotografia acompanhada de um grito de socorro caíu-me na caixa de correio. Como tantas outras.
Sem saber porquê - talvez por seres aqui de perto - não a apaguei. Fiz este post aqui no Sem Rumo, na esperança de que alguém pudesse dar-te o que estavas a perder lentamente: a vida!
Soube que essa esperança renasceu quando foi encontrado um dador compatível. Mas... bolas Diva, não consigo dizer mais nada.
O brilho dos teus olhos desapareceu e o teu sorriso partiu contigo. Lutaste até onde foi possível.
Mas diz-me: porque é que ficou aqui este nó na garganta?

1 comentário:

Anónimo disse...

Um nó na garganta, faltam-me as palavras e duas lágrimas molham o meu rosto, foste uma lutadora, até sempre "DIVA".