Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

terça-feira, janeiro 13, 2009

Cristiano

Ronaldo foi eleito o melhor na arte do pontapé na bola e teve o mundo a seus pés.
Nas suas primeiras declarações, o agradecimento óbvio à família e aos colegas de equipa que o ajudaram a conquistar "aquela coisinha". Esquecidos ficaram os de Alvalade que o ensinaram e lhe abriram o caminho para chegar aqui, quiçá, os mais importantes porque lhe alicerçaram a carreira. E nesta altura vem-me à ideia aquela frase de que é difícil ser andaime, porque se serve de suporte a toda a obra para na hora da festa ser retirados como entulho. A vida é assim.
O 7 do Manchester só de salário encaixa 800 mil euros / mês, qualquer coisa como 160 mil contos - um verdadeiro atentado a qualquer princípio racional inato ao ser humano. Adicionando-lhe os valores auferidos pelos contratos milionários de publicidade, a soma atinge números monstruosos.
Mas, se quisermos ter uma ideia da loucura produzida pela bola de futebol, basta dar uma espreitadela [aqui] pois, mesmo tendo em conta a desactualização da tabela, dá para abrir a boca de espanto. Tudo somado, estes 50 artistas não ficam por menos de vinte e quatro milhões e seiscentos e sessenta e um mil euros por mês, a jogar ou sentados no banco de suplentes.
E é esta a outra face do mundo ao alcance apenas dos predestinados, mesmo que analfabetos.

1 comentário:

Maria, Simplesmente disse...

Ou analfabrutos.
Isto tudo e fora o resto que nem sabemos, porque não nos é contado.
E estes fulanos raramente têm multas sejam quais forem e se as tiverem são perdoadas. No entanto um desgraçado que por força de circunstâncias imprevisíveis e não entregou o IRS no dia que tinha de entregar porque não tinha um documento passado, e ainda por cima era reformado, teve que pagar uma multa.
Isto admite-se?
E... calate, senão não és boa portuguesa.
Cpts
Maria