Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

sexta-feira, novembro 07, 2008

FINALMENTE A DATA

Diz-se que o Hospital não tinha condições adequadas e que o protocolo com o Ministério da Saúde vai trazer melhor serviço; fala-se num investimento de dois milhões de que nada se viu até hoje; empurram-se os doentes para o Hospital de Aveiro, onde as horas se contam por dias; diz-se até, que se garantem as emergências em caso de acidente no complexo químico. Tudo serve para fazer passar a ideia de que a população do concelho vai sair a ganhar com o encerramento do serviço. A ver vamos.
O certo mesmo é que se vai trocar um serviço que, mesmo não funcionando nas melhores condições, era demasiado importante para o concelho, por uma mão cheia de promessas que, pelo menos, deveriam ser realidade antes do encerramento.
Há quem por aqui sonhe com um novo hospital; há também quem acredite que em Aveiro as condições são melhores; e há quem se não inquiete com nada disto, até ao momento em que sinta na pele o efeito desta decisão.
A Câmara Municipal, pela voz do seu presidente, diz que não concorda com o encerramento mas, por outro lado, afirma que "o hospital como está não tinha futuro".
Talvez o tivesse se os tais dois milhões de euros que se diz virem a ser investidos numa unidade de cuidados continuados, fossem empregues na melhoria do Serviço de Urgências.
Por mim, estou certo de que o Concelho ficaria muito melhor servido com a melhoria e manutenção das Urgências, do com a tal UCC, essa sim, talvez melhor em Aveiro.
Há quem pense o contrário. O tempo - e não será necessário muito - se encarregará de mostrar quem tem razão.

2 comentários:

Norah disse...

é isso o tempo se encarregará de nos mostrar como é.

cpts

Norah

Fermelanidades disse...

Pois, mas infelizmente o tempo vai dar razão ás custas da saude de alguem e isso é que se lamenta. Alguem ter que sofrer na pele para dar razão á razão.