Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, junho 25, 2008

UM ESTRANHO CARDÁPIO

De Ponte de Lima, trouxe um amigo esta ementa, no mínimo... "sui generis", que atesta bem o Portugal profundo ainda por descobrir, envolto num certo mistério e oculto pela magia das palavras e designações, que a fértil imaginação traz à luz do dia.
Mas não deixe o leitor que os pensamentos lhe turvem a alma e o desejo, quiçá aguçados pelo hipotético conteúdo dos pratos publicitados.
E, para que não restem dúvidas sobre a honradez e dignidade do estabelecimento e seus frequentadores, a seguir se deslinda parte do mistério de tão apelativo cartaz:

Fodinhas quentes - Pataniscas de bacalhau
Escarrapachadas quentes - Codornizes
Biquinhos de amor - Caprichos do mar
Tique-taques no redondo - Corações de frango no prato
Vanico de ronca - Orelha de porco
Perigoso na Racha - Fígado de cebolada no pão
Corno na racha - prego (de vaca) no pão
Com sola na racha - Panado no pão
Mamadeiras quentes - Coxas de frango
Mentirosos quentes - Bolinhos de bacalhau
Corninhos de marcha lenta - Caracóis
Cu de galinha recheado - atum, cebola e salsa
Saquinho cheio - Rissóis
Charuto da avó - Pão misto com salsicha

Diz-se ainda que as Fodinhas podem ser na racha (no pão), no redondo (no prato) ou embrulhadas (no guardanapo), e regadas com uma putinha (malga) do bom vinho da região.
Ao que consta, os seis anos que a D. Márcia leva já desta aventura gastronómica, têm resultado num grande sucesso. Pelos vistos, imaginação é o que não falta lá para os lados de Ponte de Lima...

4 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Estas surpresas culinárias fizeram-me dar uma gargalhada quase ao acordar.
Tinha fama o Alentejo pelos nomes de família que lá existiam, mas o norte em culinária é muito mais rico.
Será bom levar a tradução antes de partis para Ponte de Lima, pois quem for um pouco envergonhado não terá coragem de perguntar o que será, ou pedir tais pratos.
Sólhe digo Camilo, nós temos uma imaginação fabulosa eé isto que nos faz no meio da incerteza ainda rir.
Parabéns pela oferta do seu amigo.
Cpts
Maria

Maria, Simplesmente disse...

Vejo tanto engano na separação das palavras!!!!!!!!!!!
As minhas desculpas.
Maria

Anónimo disse...

Camilo se pudesses colocar no teu blog qualquer informação sobre as comemorações dos 30 anos do escutismo em Canelas ficava-te bastante grata.
Penso que foi uma actividade simples mas cheia de comoção, fiquei bastante triste quando soube que não poderias participar.
Obrigada
Rosa Andrade

CR disse...

Olá Rosa.
Bem sabes a forma intensa como vivi os anos em que fiz parte desta enorme e fantástica comunidade que é o escutismo.
Claro que terei todo o gosto em aqui dar a conhecer a actividade que aconteceu no domingo passado e na qual não pude participar, devido a compromisso anteriormente assumido.
Basta, para isso, que me façam chegar textos, fotografias ou quaisquer outros elementos que me permitam fazer o post.
O endereço de correio está aí em cima. Basta clicar. Fico à espera.
Uma forte canhota.