Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, junho 11, 2008

MAIS UMA VITÓRIA!

A selecção nacional acaba de ganhar mais um jogo. Confesso que não vi o feito, pelo que talvez haja quem julgue que, por esse motivo, não terei o direito de opinar. Há efectivamente neste séc. XXI quem pense ainda que para se ter uma opinião sobre um qualquer assunto, se deve obter primeiramente o doutoramento no dito assunto. Mas esses, serão provavelmente aqueles que se fundamentam na doutrina do "nunca me engano e raramente tenho dúvidas". E esses, todos esses seres que se julgam referências do intelecto, passam-me completamente ao lado.
Voltando à meada que o fio começa a perder-se, estava a dizer que os "nossos heróis" lá conquistaram mais uma parte do mundo. Tiveram, como é já hábito, honras de abertura de todos os Telejornais, com entrevistas e mais entrevistas, directos e mais directos, figuras tristes e mais figuras tristes por parte de alguns apoiantes.
Tudo isto enquanto
- o país se debate com uma das maiores paralisações de que há memória;
- se apedrejam e incendeiam camiões;
- o número das empresas que encerram as suas portas aumenta diariamente;
- o desemprego sobe em flecha;
- os combustíveis e alguns bens de primeira necessidade começam já a faltar;
- o governo insiste em rever o Código do Trabalho e aprovar medidas penalizadoras para os trabalhadores em claro benefício dos patrões, etc,...
Enquanto todas estas questões passam para segundo plano, o povo sai à rua, bandeira na mão numa gritaria histérica em nome de Portugal.
Não sou contra o torneio que se está a disputar na Suíça e na Áustria - pelo menos estes países tiveram a sensatez de se unirem na organização do evento - nem contra o futebol em geral. Sou e serei sempre crítico enquanto se pagar 800 euros/dia a esses meninos super-endeusados para que joguem pela selecção;
Sou e serei sempre crítico quando um árbitro receba, pelos 90 minutos que dura uma partida, 10.000 euros;
Sou e serei sempre crítico quando para se disputar um jogo de futebol tenham de estar 300 ou 400 polícias destacados e para assegurar a ordem pública e combater o crime, se diga que não há agentes suficientes;
Sou e serei sempre crítico em relação ao adormecimento colectivo que o futebol provoca e que faz com que tudo o resto passe para segundo ou terceiro plano.

2 comentários:

Fermelanidades disse...

800E?

Pensei que eram só 700...

Por alguma razão grande parte das medidas governativas são tomadas enquanto dura uma competição de futebol ou quando o nosso campeonato está na fase da decisão. O governo sabe que em alturas dessas os carneiros estão adormecidos a sonhar com bolas de futebol a saltar por cima da cerca.

Maria, Simplesmente disse...

Correcto o comentário de "fermelanidades".
É mesmo assim.
Cpts
Maria