Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

terça-feira, abril 08, 2008

A BATER NO FUNDO

O panorama autárquico em Portugal tornou-se deveras ridículo porquanto, esquecido o serviço público, tudo serve de arma de arremesso.
Imagine-se que um Município aqui próximo, encerrou as contas do ano transacto sem dívidas para o ano em curso. Logo se levantaram as vozes da oposição gritando aos quatro ventos, que tal resultado é o reflexo de falta de obras. Prefeririam, em bom rigor, muitas obras à custa do endividamento do Município.
Efectivamente é, em muitos casos, esta a triste mentalidade que nos desgoverna, ou seja: a falta de responsabilidade que se traduz num endividamento constante, na certeza de que virá atrás quem feche a porta.
E neste capítulo, não há oposição que o saiba ser, entretida que está nestes jogos infantis, que emanam de uma cegueira ímpar e que não deixam ver e encarar a realidade com seriedade e honestidade.
É a esta gente que está entregue o destino do país.

Sem comentários: