Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quinta-feira, dezembro 27, 2007

A REEDIÇÃO DO FILME

Em 16 de Setembro de 2006 foi em Canelas. Agora, aqui, em Águeda. O filme é sempre o mesmo, embora por vezes mudem os actores.
O desfecho é, também ele, sempre igual, ou seja: a impunidade daqueles que praticam tais atentados.
Volvidos um ano e três meses, o que se passou no Esteiro de Canelas continua no segredo dos deuses - o mesmo que acontecerá com mais este novo caso.
Haverá muita gente interessada em que neste, como em tantos outros casos, quanto menos se falar, melhor. É sabido que o tempo tudo apaga.
Tudo, ou quase, porque nem todos se esquecem...

1 comentário:

Anónimo disse...

Tenha calma... Hoje foi mais uma vez na Ribeira dos Milagres. Isto só quer dizer que vivemos confessadamente numa república das bananas onde a incompetência das autoridades policiais, políticas, judiciais, sanitárias, ambientais, administrativas, etc, está à vista. Para não falar em conivência. Eu acho que os criminosos que fazem estes atentados até devem gozar com a impunidade...