Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, dezembro 19, 2007

OS SALTEADORES

Teixeira dos Santos disse, no passado mês de Novembro, que "se não houvesse fuga ao fisco nem fraude fiscal, os contribuintes podiam pagar menos 38% de IRS e menos 25% de IVA."
Entende-se assim que o estado se mostra incapaz de obrigar os que não pagam, a fazê-lo e, mais grave ainda, que obriga os cidadãos cumpridores a pagar pelos que o não fazem e, sem qualquer pejo, o assume publicamente.
Nem mais! Aí está um claro incentivo à fuga aos impostos, que se pratica com uma impunidade angelical, e a prova provada de que o crime compensa.
A par disso, o roubo que o governo pratica ao obrigar os cidadãos honestos a pagar mais 63% de impostos, é um crime que deveria ser punido.
A apatia estupidificada com que o povo assiste a tudo isto é deveras preocupante. Raramente se vêem manifestações de desagrado ou vozes discordantes. Enquanto isso quem nos desgoverna, vai-se governando!

3 comentários:

Anónimo disse...

Toda a gente do mundo dos transportes rodoviários sabe que metade das mercadorias que andam na estrada todos os dias levam guias falsas feitas a partir de programas informáticos piratas ou guias de numerações duplicadas que se destroem se não houver azar. Será que só o governo é que não sabe?

Maria disse...

Inclusivé os reformados que foram aumentados um e meio porcento, pagam IRS, desconto para a ADSE quando já trabalharam durante anos a descontar e ainda por cima que esses descontos são um por cento recebendo só de aumento meio por cento, quando as reformas se degradaram ao longo de tantos anos.
Não há barulho porque os que têm dinheiro estão bem, os grandes empresários é que os mantêm no poder.
É assim a vida.

Outra Maria disse...

Somos uma cambada de mansos. Este governo todos os dias nos ataca e ninguém se mexe. Ontem anunciaram mais facilidades nos despedimentos, horários à vontade dos patrões e menos dias de férias, hoje anunciaram o fecho do hospital de Anadia, amanhã vamos ver. A cambada amocha, ainda há dias um familiar meu cardíaco esteve nas urgências do hospital de Aveiro das 7 da tarde às 4 e meia da manhã para ser visto. Agora ainda vão para lá mais os de Anadia. Tudo para defender a nossa saúde, é claro. Este ministro da saúde é a coisa mais inacreditável que se podia imaginar, mas a cambada aguenta. E os políticos locais caladinhos para não desagradar a suas excelências do governo. Eu que até tenho seguro de saúde às vezes penso que a cambada merece isto que está a acontecer que é para ver se abre os olhos.