Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

segunda-feira, novembro 12, 2007

MAS O QUE É ISTO???


Caros leitores, dêem uma vista de olhos [Aqui] e depois voltem para comentar.

Começa-se a perceber o porquê de a mulher que simboliza a justiça, ter os olhos vendados. Entendo também, cada vez melhor, porque é que a Justiça é Cega neste país. Não o fosse e situações destas, que infelizmente não são virgens, seriam impensáveis.

Mas vamos aos factos:

Uma qualquer autarca deste reino, é formalmente acusada de diversos crimes relacionados com a existência de um suposto "saco azul".
Após a necessária investigação é a mesma constituída arguída ao mesmo tempo que lhe é imposta uma medida de coacção , no caso, a prisão preventiva.
Não vendo na cadeia o lugar próprio para tão conceituada cidadã, decide a mesma "pôr-se ao fresco" e abalar para as ensolaradas praias do Brasil, continuando o estado português a enviar-lhe, provavelmente com um pedido de desculpas, a importância de 3449€ por mês, entre Maio de 2003 e Setembro de 2005.
Por esta altura e após aturada reflexão, entende o nosso D. Sebastião ser seu dever regressar para se apresentar, de cara lavada, novamente aos eleitores.
Com a maior das naturalidades aqui se apresenta, (in) explicavelmente despojada de todo o seu vastíssimo património, sendo recebida de braços abertos e dando então início a uma sofisticada campanha promocional, uma vez mais, paga pelo estado ao abrigo da Lei Eleitoral. Ganha as eleições e assume novamente a presidência da autarquia. Tudo fácil!

Com o aproximar da data do julgamento a nossa autarca declara não possuir rendimentos ou bens patrimoniais para custear as despesas com a sua defesa. Ao abrigo de uma qualquer lei que permite aos autarcas usufruir de apoio judiciário, a Câmara Municipal abre os cordões à bolsa e atira com 200.000 Euros. Duzentos mil Euros!!! para que a senhora possa pagar condignamente a quem vai ter bastante trabalho para a ilibar de todos os 23 crimes de que é acusada.
Acresce ainda o pagamento de cerca de 40.000 euros para a defesa de cada um dos outros arguídos...

Ora bem, os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, regulamentados no Título II, Capítulo I da Constituição da República Portuguesa, dão garantia de apoio judiciário a todos os cidadãos que dele necessitem, sendo por norma, nomeado um advogado pago pelo Estado e para esse efeito.
Parece-me justo. Como me parece igualmente justo que, se o arguido optar por prescindir desse apoio oficial, então que seja o próprio a assumir as custas com a sua defesa.
Será também normal que os autarcas do caso exposto, escolham eles próprios os mais conceituados e bem pagos advogados. O que não é normal é que seja a autarquia/estado/os contribuintes, a pagar essa factura. Como não é normal o desaparecimento súbito do seu vasto património da senhora, dado como provado no ano 2000. Como o não é também a alegação da não existência de rendimentos, ou não receberão mensalmente a senhora e seus pares, o respectivo vencimento?

Em suma, andamos nós a pagar advogados de luxo a autarcas acusados de uma enormidade de crimes, também eles configurando má gestão dos dinheiros que são de todos, em proveito de alguns...
Mas o que é isto???


7 comentários:

noticiasd'aldeia disse...

Isto nem sequer tem grande coisa a ver com a justiça. Essa, há muito que é controlada pela política e a tendência é para a total subjugação. Veja-se a tentativa em curso de equiparação dos juízes, a funcionários públicos.

Aqui, a questão é a de sempre. Um povo profundamente burro, relapso e interesseiro que vai lamber botas e o resto, a todo aquele que se intitule doutor, ou tenha a mínima capacidade de influência. Um povo que reelege uma dama enquanto acusada de corrupção, não merece nada. Nem sequer o direito à existência, porque prejudica a vida de todos aqueles que têm de pagar merdas destas.
Abraço

ms disse...

Inacreditável, como é poosível tudo isto acontecer.
cpts

ms disse...

Inacreditável, como é poosível tudo isto acontecer.
cpts

a.f. disse...

É uma arte.
A arte de enganar.
A arte de manipular tudo e todos a seu proveito.
Quando confrontadas, estas pessoas têm astúcia suficiente para uma saída airosa e ainda passarem por vítimas e os outros como maus e monstros.
A maioria da esfera política é constituída por pessoas destas.
Se não houvesse pessoas destas, de certo não haveria políticos.
Os advogados são uma variante.

SOBE E DESCE disse...

Este País não se compreende!
Como é que pessoas assim ainda são recebidas pelos contribuintes?
Eu com uma pequena reforma tenho que pagar IRS e segurança social.
Aumentaram-me um e 1,5% dizem, mas só me dão meio por cento, porque um por cento fica para o IRS e ADSE. Essa gente ainda recebe daquele que me tiram. Isto numa reforma.
Naturalmente isso também é culpa dos funcionários públicos.
País de miséria!
Mais uma coisa, Já não existe o Blog Sem Rumo e Sem Norte. A Estrela Cadente como era seu destino... desapareceu.
Cumprimentos

Camilo Rego disse...

Sobe e Desce:

Já tinha dado conta da partida da Estrela Cadente. E é com pena que o registo, pois habituei-me a visitá-la. Também por isso, fica um sabor a nostalgia...mas este universo é tão grande. Tenho esperança que ela volte ainda...
Cumprimentos.

Maria disse...

Que surpresa Camilo, esta Maria é uma amiga da Estrela Cadente.
fiquei contente por saber que se tinha habituado a visitá-la, ela foi embora e deixou-me uma missão, falar das Marias portuguesas e de outras Terras de que não sei os nomes e terei de voltar aquela aula de geografia maravilhosa.
Apareça quando quiser Camilo.
Até lé.