Neste Blog continua a escrever-se Português de Portugal.

quarta-feira, setembro 19, 2007

O QUE VIRÁ POR AÍ AGORA?

O Sr. Ministro da Economia anunciou ontem que Estarreja vai receber um projecto inovador. Trata-se de uma unidade de geração de energia eléctrica a partir de lamas industriais e para a qual o governo está na disposição de abrir mão de 100 milhões de Euros!
A notícia pode ler-se [Aqui].
Parece sina. Durante anos e anos a fio, Estarreja debateu-se com sérios problemas ambientais e de contaminação de solos, que emanaram da actividade do complexo industrial; depois, aqui quiseram colocar uma unidade de incineração de resíduos industriais perigosos.
Entretanto com a desactivação de parte da indústria química, lentamente e muito a custo, a atmosfera negra que pairava sobre esta zona deu ares de um certo desanuviamento, e a conotação depreciativa pareceu aligeirar-se.
Depois vieram as lamas, que igualmente com muito custo, lá se conseguiram devolver, mas que deixaram marcas profundas nos solos.
Agora querem implantar aqui uma central de energia cuja matéria prima são... lamas industriais!
Lixo, lamas, poluição - parece que nunca mais nos veremos livres da porcaria. Será mesmo sina?
Um dos objectivos da Câmara Municipal era (e julgo ser ainda) o de "Limpar Estarreja". Mas assim será mesmo possível?
O que terá agora este governo na manga?
É nosso dever estarmos atentos e informados pois, à partida a coisa parece ser uma "grande coisa". Será?

6 comentários:

noticiasd'aldeia disse...

Estes gajos decidiram que, merda é para Estarreja. Aceitando o óbvio, o de que a mesma tem de ir para qualquer lado, é evidente que o Concelho já sofreu demasiado com a industrialização selvagem que a ignorância e a subserviência possibilitaram a quem, aqui ganha milhões e deixa tostões. Mais do que estar atentos, é não permitir que continuem a brincar connosco, com a nossa saúde e qualidade de vida.

Manuel Arcêncio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ms disse...

Quero dar-lhe os parabéns pela música com que brinda todos os visitantes do seu blog,uma escolha perfeita.

Manuel Arcêncio disse...

Quem és tu, Camilo?
Serás alguém que conheci nos longínquos anos de 1978 por Aveiro?
Se não fores... saberás algo desse Camilo Rego, de Canelas?
De qualquer modo um abraço de amizade e continua.
Manuel Arcêncio

Camilo Rego disse...

Olá amigo Arcêncio.
Claro que sou eu o teu colega de estudo.
Contacta-me através do mail camilorego@netvisao.pt pois tenho muito gosto em saber o que é feito de ti.
Um grande abraço e... fico à espera do teu contacto.

Cumprimentos,

Camilo Rego

Estrela Cadente disse...

Obrigada o seu amável comentário no meu SEM RUMO E SEM NORTE.
O seu espaço é um lugar muito agradável onde gostei de ir ter por acaso eneste momento com a música de Janita apetece-me fechar os olhos e idealizar que estou nas antigas paisagens do meu Alentejo.
O verde do meu blog quer dizer que é uma cor que para mim é repousante, eu como Estrela Cadente
gosto de todas as cores do meu Universo, as cores do Arco Iris.
Mais uma vez obrigada e Felicidades para si e para o seu blog, com os meus cumprimentos.